Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec eleifend molestie fermentum.

new york

156-677-124-442-2887

iver@select-themes.com

184 Main Street Victoria 8007

    Ao submeter este formulário, declaro que li e aceito os termos e condições da The Gallery Residence e a política de privacidade e de cookies

    FOLLOW US

    Candidaturas Ano Lectivo 2021/2022

    The Gallery Residence

    7 dicas para poupar enquanto estudante universitário

    A vida de estudante universitário pode revelar-se muito mais dispendiosa do que a vida no ensino secundário. Propinas para pagar, rendas da casa/quarto (no caso de estudantes deslocados), saídas com os colegas e atividades académicas, material de estudo, entre muitas outras despesas, que poderiam servir de exemplo. Mas como manter a disciplina e a contenção, quando o assunto são poupanças? Há algumas dicas fundamentais a seguir que facilitam muito a vida financeira de um estudante.

    1. Planear Refeições

    No meio da azáfama das aulas, dos estudos e de toda a rotina de um universitário, é bastante simples descurar certos pontos, como a alimentação. Para não gastar dinheiro em excesso com uma alimentação mais dispendiosa que o necessário, o primeiro ponto será evitar comer fora de casa. Quando não é possível, o ideal será apostar numa marmita e não em comer em espaços de restauração.

    2. Organizar despesas num orçamento

    Tal como já foi referido, as despesas são múltiplas e o dinheiro é finito. Assim, o ideal é ter uma organização rigorosa e criteriosa quanto a gastos, sistematizando todas as despesas fixas do mês ou da semana (propinas, renda, transportes, alimentação, etc), num orçamento, enquanto é deixado algum “espaço” livre para eventuais despesas inesperadas que possam surgir.

    3. Bolsas de Estudo

    O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior disponibiliza um apoio anual para comparticipação nos encargos com a frequência de um curso do Ensino Superior. O acesso a este apoio é alcançado, caso o aluno em questão se enquadre num conjunto de requisitos. Para além deste auxílio estatal, existem outro tipo de bolsas, como é o caso da Bolsa Filhos da Terra, da U-World, cujos resultados serão divulgados já no próximo dia 30 de setembro.

    4. Atenção a descontos para estudantes

    Múltiplos espaços fornecem descontos ou vantagens especiais apenas direcionados a estudantes. Neste campo, destacam-se equipamentos culturais, desde cinemas a teatros, à aquisição de livros ou à fruição de serviços, como ginásios, por exemplo.

    5. Cuidado com as noites e diversões

    Sem que um estudante perceba, aqui poderá estar uma fonte de grandes gastos. A vida noturna nos anos de universitário é uma das facetas mais apetecíveis e desejadas pelos estudantes. Mas todo o consumo gerado em torno deste lazer deverá ser consciente e controlado se o objetivo for poupar.

    6. Material de estudos em segunda mão

    É frequente os alunos necessitarem de livros e fotocópias. Estes materiais são bastante dispendiosos. Então, por que não procurar arranjá-los em segunda mão, junto de alunos mais velhos?

    7. Distinguir o necessário do supérfluo

    Esta dica é válida ao longo de toda a vida, mesmo após o fim do percurso académico: a capacidade de refletir nos gastos necessários e nos gastos acessórios. Este discernimento é essencial para se ter uma rotina de poupança consistente, eliminando tudo o que é desnecessário.

     

    Dica extra: 

    Optar por uma residência universitária com todas as despesas incluídas previne gastos surpresa e pode ajudar muito na gestão financeira. Confere a nossa campanha para o ano letivo 2021/2022 aqui. 

    You don't have permission to register